Adega do Sável

Mateus é a quinta geração da familia Nicolau de Almeida a produzir vinho no Douro. Em conjunto com a sua mulher, Teresa Ameztoy, trabalham numa adega à qual chamam Adega do Sável (Alosa Alosa), nome do peixe que percorria o rio Douro desde o mar Atlântico, hoje uma realidade impossível devido à construção das barragens.

Nesta adega dão-nos a conhecer diferentes perspectivas e abordagens à vinha e ao vinho, tendo como base a agricultura biológica e biodinâmica.

Apresentam-nos 3 conjuntos de vinhos. Os Trans Douro Express, procurando expressar as características climáticas de cada sub-região do Douro: Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior. Os Eremitas, vinhos brancos de parcela que se distiguem por diferentes características do solo de origem. E, por fim, os Curral Teles que são o resultado de diferentes técnicas de vinificação.

Tudo isto numa adega subterrânea, cavada no xisto, criando uma estética invulgar onde natureza e o homem se encontram.

Trans Douro Express – Vinhos de Clima

A região demarcada do Douro divide-se em 3 sub regiões: Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior.

Cada uma com a sua história, cultura, e, sobretudo clima, originando vinhos distintos. O TRANS DOURO EXPRESS é uma viagem exploratória pelo Douro através do conjunto de três vinhos que procuram expressar as características da sua origem.

Rio Douro acima, espinha dorsal da região, ao qual se junta a linha de comboio, via de comunicação alucinante, desejamos-lhe uma boa viagem!

Ver Ficha Técnica 

Eremitas – Vinhos de Solo

Eremitas são vinhos feitos com a mesma casta, Rabigato. Cada vinho é de uma parcela distinta, tendo todas em comum serem no Douro Superior, de clima mediterrânico/continental, expostas a sul e em solo de xisto da Formação da Desejosa apresentando pequenas diferenças rochosas e de altitude. Apesar de vinificados da mesma forma as parcelas dão origem a vinhos diferentes! Evidenciam-se então as diferentes “informações telúricas” que cada lugar transmite.

Ver Ficha Técnica

Curral Teles – Vinhos Humanos

Curral Teles é o lugar onde se encontra a nossa adega. Nestes vinhos trabalhamos essencialmente a influência do Homem no vinho. Desde o tipo de casta, modos de plantação, vinificação, estágio, etc.

São vinhos feitos em pequenas quantidades que reflectem as experiências que fazemos na adega e que não são produzidos todos os anos. São classificados com letras do alfabeto grego em honra ás experiências que eram feitas nas academias gregas.

Ver Ficha Técnica